Amar, cuidar e brincar!

Saiba as novidades em alimentação, saúde e diversão para tornar a vida do seu bichinho de estimação mais feliz

A alimentação adequada é fundamental para o bem-estar, qualidade de vida e longevidade de gatos e cães. Mas qual comida dar? Qual a quantidade ideal? Posso dar resto de comida humana? E os petiscos?

A tendência atual é analisar a alimentação de cada bicho de forma individualizada. A médica veterinária Fabiana Vinhas, atuante na área de Nutrologia Animal, explica que, para receitar uma dieta, é preciso considerar porte, idade, estado reprodutivo, hábitos de exercício, dentre outros aspectos da saúde do pet. 

“A nutrição pode agir na prevenção ou tratamento de problemas de saúde. Quem deseja adequar o animal à dieta natural deve buscar orientação de um profissional veterinário”, recomenda Fabiana. Assim, ele vai ter alimentação rica e balanceada, com melhor nível de precisão nutricional.

Já Gláucia Gigli e Luciana Peruca, veterinárias da Royal Canin, complementam que animais de raça definida têm características mais padronizadas. Além deles, quem busca tratar problemas digestivos ou dermatológicos do animal, pode encontrar no mercado rações de alta qualidade voltadas a isso. 

As especialistas dão dicas:

1 Cuidado! Rações de baixa qualidade têm fortes conservantes e outros químicos na composição

2 Ao escolher uma ração, peça indicação veterinária e confira a taxa de lipídeos (gorduras) e os ingredientes usados: fonte de proteína e carboidratos, por exemplo

3 São três os tipos de dieta natural: crua sem ossos, crua com ossos e cozida. Nela, reduz-se muito a taxa de processamento dos alimentos. Além das proteínas, legumes e vegetais são adicionados

4 Petiscos têm calorias! Ofereça com moderação

5 Tanto a ração balanceada ou a dieta natural precisam de acompanhamento. “A ração vêm balanceada, mas se ela não for dada em quantidade indicada, observando a necessidade calórica, esse animal vai ganhar peso”, alerta Fabiana.

6 Em gatos, a castração é grande causador da obesidade. Vale lembrar que nutrientes em falta ou excesso podem prejudicar igualmente os animais.

7 Restos de comida não são equilibrados e, geralmente, muito ricos em lipídeos, carboidratos e sódio. Junto à deficiência em minerais e vitaminas, podem causar desordens nutricionais

Como garantir uma vida saudável ao pet

Manter o veterinário em dia e até a rotina de banhos é fundamental para a qualidade de vida dos animais

A alimentação correta traz longevidade e disposição. Mas outros cuidados de saúde são necessários. Aqui, o veterinário Galileu Planck, proprietário da São Pet, dá dicas:

- Além das vacinas antivirais e antirrábica, são recomendadas a vacina contra giárdia, leptospirose, tosse canina e calazar

- Alguns animais não precisam de banhos semanais! Já os que vivem em apartamento ou outros ambientes que não propiciam o desgaste natural das unhas, precisam deste cuidado. O corte das unhas deve ser feito por um profissional

1 A escovação semanal dos dentes deve ser feita com produtos específicos, prevenindo o tártaro. Jamais  use creme dental humano, ele pode ser tóxico para o pet

2 O controle parasitário (vermífugo) deve ser acompanhado por um médico veterinário. A periodicidade de aplicação pode variar

3 A limpeza semanal das orelhas demanda muita cautela. Às vezes, pequena tosa é necessária. Se for fazer a limpeza em casa, cuidado para não adentrar no ouvido

4 No mercado, estão disponíveis produtos essenciais para a saúde do animal. A coleira Scalibor, por exemplo, é antiparasitária e utiliza tecnologia eficaz contra carrapatos, pulgas e o mosquito palha, transmissor do calazar

Quer um pet pra chamar de seu?

Lembre-se: acolher um pet é decisão permanente e você será o responsável por ele durante toda a vida

Cuidar e entregar-se são imperativos ao estabelecer a tutela de um animal. Por isso que falamos de adoção consciente. Elencar as limitações pessoais e necessidades de um cão e gato são o primeiro passo antes de resgatar um animal da rua, adotar junto a uma ONG ou até comprar um. 

- O animal precisa ter espaço adequado ao porte e temperamento. Cães de tamanho médio e grande precisam de terreno para brincar e se exercitar, mesmo se houver rotina diária de passeios. Para apartamentos, recomenda-se gatos e cães pequenos. Se espaço for limitação, adote animal já adulto para não ter surpresas do tipo

- Adote um animal já castrado ou providencie a castração o mais rápido possível. O controle de natalidade de animais domésticos é problema de saúde pública. Para tutores de baixa renda, a Prefeitura de Fortaleza disponibiliza o procedimento cirúrgico gratuitamente, no

- Vetmóvel. Maracanaú, Eusébio e Sobral já estão em processo de implantação de serviço similar

- Animal não é produto, muito menos item presenteável.

- É necessário planejamento amplo antes de trazer o pet para casa. Converse com os outros moradores da casa, confira as regras do condomínio. Leve em conta ainda os constantes gastos de saúde e alimentação: nutrição adequada, vacinas, check-ups, exames, dentre outros

- Prepare tempo para o animal. Ele precisa de companhia, paciência e atenção. Se você passa o dia fora de casa, pense na possibilidade de adotar dois pets.

- Apesar dos gastos dobrados, o trabalho é quase o mesmo. Assim, eles serão a companhia um do outro


Rotina de exercícios

Entretenimento e diversão para pets e tutores podem ser auxiliares na saúde também

“Viola é uma jogadora de futebol nata. Diariamente, há partidas de futebol e o arremesso de bolinha para ela buscar. Umas três vezes na semana, caminhadas nas pracinhas próximas”,diz Patrícia Feitosa, tutora de Viola, cadela da raça pug.

Gato, por sua vez, ama caixa, bolinha, pena, ratinho, dentre outros. Tudo dá estímulo para eles se movimentarem.

Luis André Bastos, sócio-proprietário da Mundo Pet, revela produtos que vão ajudar tutores quanto ao comportamento animal. 

“O Feliway é um grande segredo para os tutores de gatos. Usamos nos nossos salões de banho para amenizar o estresse nos felinos. Também é uma solução para residências”, diz. Funciona como um difusor, evitando que animais marquem território, arranhem móveis e até mesmo para ajudar na adaptação em um local novo ou companhia de novos animais. Custa R$ 240 e refil de R$ 177

O educador sanitário é solução para treinar animais a fazerem xixi no lugar adequado. O produto tem odor que vai atrair o cãozinho. Custa a partir de R$ 12

O Cat Nip ajuda a reduzir ansiedades e estresse e adaptação a brinquedos, principalmente. É uma erva (erva-gateira) e tem funções neurológicas. Alguns brinquedos já acompanham a erva. Custa a partir de R$ 15 

Todos os produtos podem ser encontrados na Mundo Pet Fortaleza (Av. Senador Virgílio Távora, 1400 - Aldeota). Contato: 85 3263-3223

Capa Flip

Pets

Acesse a versão impressa.

Quer Anunciar?

Anunciar pelo site ANUNCIAR

ou

Por telefone 85 3254.1010